Iníciohome

Vereadores buscam solução para obra na Divinéia

Autor: Itamargarethe

Publicado em: 23/04/2019 - 19:29

Acessado: 59 vezes


Os vereadores Marquinhos (DEM), Estevão Aragão (PSDB), Raimundo Penha (PDT) e Paulo Victor (PTC) resolveram unir forças com o objetivo de buscar soluções para resolver o problema de uma obra paralisada no Anexo da Unidade de Educação Básica (UEB) Professor Ronald da Silva Carvalho, no bairro da Divinéia, em São Luís.

 

Nesta última segunda-feira (22), atendendo convite de Marquinhos, os parlamentares vistoriaram a unidade após reclamações feitas por pais de estudantes sobre o atraso na entrega do serviço.

 

Na visita à unidade de ensino, que fica localizada na Avenida Brasil, foram constatadas diversas irregularidades como, por exemplo, problemas nas redes elétrica e hidráulica; vazamentos no telhado; paredes rachadas e com mofo; janelas quebradas; lousas danificadas; buracos no piso; falta de portas e banheiros em condições precárias.

 

Segundo Marquinhos, a vistoria foi muito importante para ajudar a resolver uma questão que está prejudicando diretamente mais de 350 alunos, cujo ano letivo ainda não teve início. “A reforma dessa escola, para atender mais 350 alunos, vai fazer muita diferença na vida das nossas crianças. Acredito que com o apoio da Câmara podemos buscar meios possíveis para resolver o problema”, declarou o parlamentar.

 

Para Paulo Victor, as escolas são as células formadoras de muitos cidadãos e o Parlamento sempre estará atento para ajudar a resolver questões relacionadas à sociedade.”Como representantes do povo, nós temos a obrigação de desenvolver políticas públicas para que esses jovens, muitas vezes de famílias carentes, sejam bem assistidos. E as escolas são as células formadoras de muitos cidadãos”, disse.

 

Já Estevão Aragão afirmou que, infelizmente, esta é a realidade de outras escolas em São Luís, a exemplo da UEB Carlos Madeira, que, segundo ele, desde 2017, também com problemas estruturais. “Não haviam aulas no período chuvoso, agora, o problema se agravou com o fechamento total da escola, deixando centenas de alunos prejudicados. Durante todo esse tempo temos cobrado um posicionamento da Prefeitura que, por sua vez, não nos dá nenhuma perspectiva de retorno das aulas”, disse.

 

“Como representantes do povo, nós temos a obrigação de desenvolver políticas públicas para que esses jovens, muitas vezes de famílias carentes, sejam bem assistidos. E as escolas são as células formadoras de muitos cidadãos”, disse.

 

Os parlamentares poderão realiza novas visitas técnicas em outras unidades de ensino da rede municipal de educação.

 

Foto: Divulgação


Gostou do post? Deixe um comentário e/ou compartilhe!

Você não está logado. Você pode comentar como anônimo, mas para os seus comentários serem associados a seu perfil e você poder altera-los posteriormente faça login

Infelizmente alguns emojis não aparecerão nos comentários.


Comentários

Leia meus outros textos

Foto de capa do texto 23 de abril de 2019
MP aciona Dutra e mais 12 por licitação irregular

Foto de capa do texto 23 de abril de 2019
Vereador de Maranhãozinho é executado