Iníciohome

Deputados trocam ameças e acusações verbais na AL

Autor: Itamargarethe

Publicado em: 05/04/2019 - 16:07

Acessado: 56 vezes


Os deputados Fernado Pessoa (Solidariedade) e Rigo Teles (PV) protagonizaram, durante a semana, mais um triste episódio na Assembleia Legislativa marcado por ameaças e agressões verbais.

 

Baixo nível total e que a população de Barra do Corda já deve está cansada de ver. Pior que agora o Maranhão inteiro que agora é obrigado a assistir na Assembleia Legislativa esses episódios lamentáveis. Essa foi a segunda vez que os dois deputados trocaram “gentilezas’ na Tribuna.

 

São dois deputados que sobem à Tribuna apenas para tentar mostar quem é que manda ou quem tem mais poder em Barra do Corda. Eles parecem ter sido eleitos apenas para levar a a Assembleia a briga por comando em Barra do Corda.

 

O deputado Fernando Pessoa se referiu a Rigo Teles como “ave de mau agouro” e alguém que é rejeitado na cidade.

 

“O que nos traz hoje aqui nesta Tribuna, Senhores Deputados, é, mais uma vez, para ver, acabamos de ouvir aqui o pronunciamento do Deputado, que nós iremos mudar o nome dele agora, é deputado “ave de mau agouro”, porque ele só sobe a esta Tribuna para falar mal das pessoas. Ele já não entendeu que o povo de Barra do Corda rejeita ele, deputado Rigo. O Senhor não entendeu que o povo o rejeita. Vossa Excelência tirou 9 mil votos, eu tirei 16 mil votos. Isso mostra o que Vossa Excelência. representa para aquela cidade.”

 

E disse que Rigo vai ter que respeitar cara de homem.

 

“Eu vou lhe dizer uma coisa: toda vez que Vossa Excelência. subir nessa tribuna para falar mal de alguém, eu vou subir aqui de novo e vou falar. E da próxima vez que eu subir aqui vai ter mais coisas, deputado Rigo. Vossa Excelência vai ter que aprender a respeitar. Vossa Excelência. agora tem um homem aqui para ensinar Vossa Excelência. a respeitar aa pessoas. Vossa Excelência tem que aprender respeitar. Porque Vossa Excelência. ainda não sabe respeitar as pessoas. Vossa Excelência. trata as pessoas com arrogância. V.Exa. não sabe que agora em 2020 nós iremos ter um candidato a prefeito na cidade e quero que seja Vossa Excelência. o candidato porque nós estamos com vontade de bater novamente em você”, disparou.

 

Rigo Teles chegou a ensinuar que Fernando Pessoa duvida da sua masculinidade e até chamou o colega para resolver as coisas fora da Assembleia.

 

“Para vir para esta tribuna não precisa vir com injúrias, nervoso, falar que é homem e tal, acho que está duvidando da sua masculinidade, não precisa vir a esta Casa… aqui é casa de mulheres e de homens, se fala para homem olhando na cara do homem. Agora, se fala na tribuna para o povo do Maranhão, agora fora da tribuna é de homem a homem. Mas não é esse caso aqui da Assembleia.”, afirmou.

 

“Esperei que ele viesse aqui a esta tribuna fazer a defesa e falar quais as providências que estão sendo tomadas e não direcionar calúnias contra a minha pessoa em dizer que estou sendo rejeitado. Eu acho que ele não é a pessoa ideal para falar isso aqui… Tem muita estrada, deputado, pela frente para Vossa Excelência caminhar. Cuidado para não ultrapassar e cair. Cuidado! Trabalhe, procure fazer, procure se espelhar em quem trabalha”, finalizou Rigo.

 

Lamentável, pois os deputados acham que foram eleitos para isso estão completamente equivocados. O pior é que essa ” briguinha’ está apenas no começo…

Fotos: Reprodução/Divulgação


Gostou do post? Deixe um comentário e/ou compartilhe!

Você não está logado. Você pode comentar como anônimo, mas para os seus comentários serem associados a seu perfil e você poder altera-los posteriormente faça login

Infelizmente alguns emojis não aparecerão nos comentários.


Comentários

Leia meus outros textos

Foto de capa do texto 05 de abril de 2019
PT realiza encontro em São Luís

Foto de capa do texto 04 de abril de 2019
Dono do laboratório Lacmar é acusado de demitir funcionária que se recusou a fazer sexo

Empresário Paulo Braid Júnior debocha da denúncia de assédio sexual dizendo que espessuras exibidas na foto, tanto no comprimento quanto na largura, não reportarem a realidade das suas genitálias.